Do alto do pódio, Rosberg vê Mercedes cada vez melhor em corridas

Segundo alemão, o carro que já era forte nas classificações, agora também tem condições de vencer GPs

Tudo bem que Nico Rosberg contou com a quebra de Sebastian Vettel para vencer neste domingo em Silverstone, mas o GP da Inglaterra mostrou que a Mercedes parece ter resolvido o problema que tinha em relação às corridas e agora tem um carro que não é forte apenas nas classificações. Esta é a opinião do próprio Nico Rosberg.

“Essa vitória é para todos que estão trabalhando na fábrica. O carro continua sendo muito rápido em classificação e está cada vez melhor na corrida – hoje fomos o carro mais rápido, junto da Red Bull. A equipe fez um grande trabalho. Progredimos em relação ao cuidado com os pneus e agora conseguimos vencer corridas”, disse o piloto que comemorou ainda mais pelo fato da vitória ter acontecido próximo à fábrica da equipe Mercedes. “Foi um dia especial e o melhor é que nossa fábrica está muito perto daqui e temos um grande embalo nesse momento”, acrescentou.

A prova em Silverstone foi cheia de alternativas. Hamilton começou na ponta, mas teve um pneu estourado. Vettel foi para a ponta, mas quebrou. Bom para Rosberg, que aproveitou. “É um grande desapontamento para os fãs britânicos pelo que aconteceu com Hamilton, mas as corridas são assim. Por outro lado não vou mentir, não fiquei desapontado quando vi Vettel parando”, brincou.

Agora o alemão chega com o moral elevado para correr em casa, já que o próximo GP é na Alemanha. “O GP da Alemanha será meu segundo GP caseiro do ano – tenho a sorte de ter dois – e já venci o primeiro em Mônaco. Tenho muito orgulho de ser alemão e correr em Nurburgring. Será muito bom”, prevê.

Com a vitória, Rosberg foi a 82 pontos e está em sexto no campeonato.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias