Do meio para o fim do pelotão, aposta é por alta degradação

Optando por acertos ou estratégias voltadas à economia de pneus, pilotos esperam um domingo melhor

Sutil não chegou ao Q3 por pouco

Esperando uma alta degradação de pneus, muitos pilotos do meio para o final do pelotão optaram por economizar ao menos um jogo dos Pirelli e apostam que a posição em classificação não será tão importante.

Adrian Sutil, Force India, 11º: “A sessão foi muito boa. Fiquei um pouco desapontado por ficar de fora do Q3 porque não estávamos muito longe de conseguir, mas todos sabem que 11º é uma posição muito boa para se largar, especialmente devido à livre escolha de pneus.”

Paul di Resta, Force India, 12º: “Dado o final de semana que tivemos estou muito feliz em largar em 12º – só uma posição atrás de Adrian. Tive dificuldades em encontrar meu ritmo aqui e o equilíbrio ideal, por isso escolhemos um acerto mais para a corrida.”

Sebastien Buemi, Toro Rosso, 15º: “Não posso ficar feliz com meu Q2 porque errei na saída da curva nove, o que me custou cerca de meio segundo. Estou desapontado porque terminei atrás das Williams quando poderíamos facilmente estar à frente. Decidimos economizar um jogo de pneus para a corrida.”

Jaime Alguersuari, Toro Rosso, 16º: “Poderíamos ter feito um trabalho muito melhor em termos de classificação, mas nos concentramos na corrida em termos de acerto e equilíbrio aerodinâmico. Estou feliz porque acho que o carro estará forte o bastante para marcar pontos.”

Heikki Kovalainen, Lotus, 18º: “Estou muito feliz com o resultado, especialmente porque tive apenas uma volta, uma chance de acertar e consegui. Assumimos mais riscos com a estratégia de pneus. Temos um jogo novo e pode ser uma tarde interessante amanhã.”

Jarno Trulli, Lotus, 19º: “O carro estava muito melhor do que nos treinos, pois fizemos as mudanças certas no acerto e, ainda que tenha cometido alguns erros na minha volta, não acredito que poderia ter tirado mais do carro.”

Jerome D’Ambrosio, Virgin, 20º: “Estou muito feliz com o resultado, especialmente porque consegui virar o jogo – ontem foi um dia difícil e conseguimos ir bem em uma pista como Suzuka.”

Timo Glock, Virgin, 21º: “Fui meio no escuro para a classificação porque fizemos modificações que não funcionaram como o esperado antes dos últimos treinos livres e tivemos de voltar atrás. No final, o carro estava muito bom e minha volta foi perfeita.”

Daniel Ricciardo, Hispania, 22º: “Saí um pouco do traçado algumas vezes porque estava forçando, mas diria que perdi apenas cerca de um décimo, o que não é suficiente para ficar à frente de nossos rivais.”

Vitantonio Liuzzi, Hispania, 24º: “Foi um terrível início de final de semana. Ontem, fiz apenas quatro voltas e hoje, oito depois de um problema no motor. Espero colocar isso para trás.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Pilotos Jarno Trulli , Heikki Kovalainen , Vitantonio Liuzzi , Paul di Resta , Timo Glock , Jérôme d'Ambrosio , Adrian Sutil , Sébastien Buemi , Daniel Ricciardo , Jaime Alguersuari
Tipo de artigo Últimas notícias