Documentário "Senna" leva dois prêmios em Oscar britânico

Filme, que conta a história do tricampeão de F-1, vence o BAFTA de melhor documentário e de melhor edição

'Senna' foi lançado em 2010

O filme “Senna” faturou dois prêmios BAFTA, o equivalente ao Oscar do cinema britânico. A produção venceu nas categorias de melhor documentário e melhor edição no evento realizado no Royal Opera House, em Londres.

Para vencer, o filme derrotou a documentário dirigido por Martin Scorsese sobre a carreira do ex-Beatle George Harrison, além de Project Nim, sobre um maca criado como humano. Na plateia, nomes como Brad Pitt, George Clooney, Russell Crowe e Meryl Streep.

“O filme foi feito por todos nós com amor, e o que recebemos de volta foi amor, e a fortemente cínica palavra rentável nunca foi considerada nessa situação. Fizemos porque amávamos Ayrton, e vocês mostraram esse amor de volta”, afirmou o produtor do filme, Eric Fellner. “Temos de agredecer Ayrton Senna por infelizmente ter vivido uma vida curta, mas uma vida ainda mais impressionante que a ficção.”

O apresentador da premiação e ator Stephen Fry afirmou que “mesmo que você não saiba nada sobre F-1 e não se interesse nem um pouco sobre o esporte a motor vai considerar ‘Senna’ um dos melhores documentários que já assistiu.”

O roteirista Manish Pandey, cujo próximo projeto é um drama baseado na relação de Mike Hawthorn e Peter Collins com Enzo Ferrari, agradeceu à família Senna.

“Quando seu filho morre em circunstâncias como essa, várias pessoas aparecem e dizem que querem contar essa história, achamos que somos muito sensíveis, vamos contá-la da maneira correta... é preciso muita coragem para apoiar pessoas assim, e gostaria de agradecê-los por terem feito isso.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias