Domenicali diz que problemas do F14 T já foram identificados. Mas não são poucos

Chefe da Ferrari admite que carro tem pontos fracos em todas as áreas, especialmente na aerodinâmica

Com 30 pontos somados por Alonso e Raikkonen nas duas primeiras corridas do ano, a Ferrari ocupa a terceira posição no mundial de construtores, mas tem menos da metade dos pontos da líder Mercedes. O chefe da equipe Stefano Domenicali, diz que os principais problemas do carro já foram identificados e não são poucos.

“Sabemos as áreas onde precisamos melhorar e sei que temos melhorado a nossa organização em algumas áreas onde temos sido fraco”, disse o dirigente ao site da F1. “Aerodinâmica acima de tudo é onde precisamos melhorar. Vimos claramente no passado, com o escapamento soprado, que não fomos capazes de explorar ao máximo isso, então estou confiante que nós tomamos o caminho certo. É uma questão de tempo”, garantiu.

Mas, além da aerodinâmica, Domenicali não esconde que a Ferrari tem mais problemas a resolver em seu carro. “Basicamente todos os lugares têm pontos fracos. Eu não acho que, consertando um problema, você corrige o desempenho do carro por inteiro. Por isso precisamos trabalhar para ter um carro mais eficiente. Ou seja, precisamos trabalhar para ter um motor melhor, precisamos trabalhar para explorar melhor o equilíbrio entre energia elétrica e potência. Enfim, em todos os lugares”, concluiu Domenicali.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias