Domenicali: "É justo que Fernando nos pressione para melhorar"

Dirigente afirma que carro precisa crescer em classificação, mas acredita que equipe está no caminho certo

Fernando Alonso não sabe o que é vencer desde o GP da Alemanha, décima etapa do Mundial. Mais do que isso, não sabe o que é chegar acima do terceiro lugar desde então. E, pior, viu Sebastian Vettel aparecer como seu principal rival, a bordo do agora dominante Red Bull.

Com quatro corridas para o final, o espanhol pede que a Ferrari melhore o carro, algo visto como normal pelo chefe da Scuderia, Stefano Domenicali. “É justo que Fernando pressione a equipe para melhorar o carro. É claro que o objetivo deve ser melhorar o equipamento, sobretudo em classificação. Vimos na Coreia como nosso ritmo é bom quando largamos mais à frente”.

Ouvido pelo TotalRace, o dirigente disse acreditar que a equipe, apesar das declarações de Alonso após o GP do Japão de que o carro não tem nenhuma peça nova desde julho, vem evoluindo. E prova disso é o fato de, na Coreia, a Ferrari ter ultrapassado a McLaren pelo segundo lugar no Mundial de Construtores.

“Demos um passo na melhoria aos sábados na Coreia, mas não foi o bastante e esse deve seguir sendo o objetivo primário para a Índia. O fato de termos ultrapassado a McLaren é um sinal de que estamos no caminho certo”, lembrou o italiano. “O importante é continuar desenvolvendo o carro da melhor maneira possível – e não apenas trazendo novas peças, mas nos certificando de que elas vão funcionar na pista – e seguir trabalhando com a confiabilidade. A experiência me diz que, mantendo a evolução do carro e a motivação da equipe, lutaremos até a última curva do último GP”. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias