Domenicali: “Não vamos nos satisfazer até fazer todas as poles"

Chefe da Ferrari destaca que a equipe não pode se descuidar mesmo com a liderança folgada de Alonso no mundial

A Ferrari pode ter Fernando Alonso como líder do campeonato, com 40 pontos de vantagem para o segundo colocado, Mark Webber, mas Stefano Domenicali sabe que a performance do carro ainda não garante a tranquilidade ao espanhol e pede que a equipe siga trabalhando.

Para o italiano, são quatro os pontos principais para uma equipe que queria coroar o campeão do mundo.

“É um campeonato em que a diferença será continuar o desenvolvimento do carro, maximizar a adaptação do carro a cada etapa, entender os pneus e não ter problemas de confiabilidade. É um campeonato em que pode se perder muitos pontos por qualquer um desses problemas.”

Mesmo com Alonso tendo marcado duas das três últimas poles, ambas em condições de chuva, Domenicali destaca que o carro ainda está longe de ser o melhor. “Não podemos nos satisfazer até que façamos todas as pole positions em todas as corridas com muita margem para o segundo.”

O chefe da Scuderia destaca que a relação entre as equipes pode mudar rapidamente. “Dou um exemplo: a McLaren, na corrida de Silverstone, era dada como morta, mas nas últimas provas, em condições de seco, eles andaram muito bem. Mesmo assim, na Alemanha, Button chegou com os pneus no limite no final.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias