Domínio de Vettel faz audiência mundial da F-1 despencar em 2013

Segundo jornal, categoria teve queda de 50 milhões espectadores no ano passado; Brasil está entre países com maior déficit

O domínio absoluto de Sebastian Vettel das últimas nove corridas da temporada 2013 da Fórmula 1 não foi só ruim para a competitividade da categoria na pista. A overdose de vitórias do alemão da Red Bull também foi traduzida em uma queda significativa de audiência televisiva anual para a categoria.

Segundo o The Wall Street Journal, a queda de audiência anual da temporada foi estipulada em 50 milhões, deixando o número de espectadores em 450 milhões ante aos 500 milhões registrados em 2012, ano que teve o campeonato decidido na última prova da temporada, em Interlagos.

Mesmo sendo alemão, Sebastian Vettel também fez decrescer o número de televisores sintonizados na Fórmula 1 na Alemanha, que teve audiência 8.7% menor do que no ano passado.

O Brasil também não ficou atrás, vendo a audiência cair em por volta de 7%. Calcula-se que este número tenha representado 8 milhões a menos de espectadores do que em 2012, levando o número da audiência para 77 milhões.

No entanto, a maior queda foi na China, com 30 milhões de pessoas a menos assistindo a temporada do ano passado, após problemas com a distribuição dos direitos de transmissão no país.

Ainda assim, nem tudo é má notícia para a FOM. No Reino Unido a audiência cresceu em 1.7% nesta última temporada, enquanto que a troca do Speed Channel pela NBC nos Estados Unidos fez audiência no país crescer em 10 milhões de pessoas, indo para 11.2 milhões de espectadores.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias