Dona da F-1 paga dívidas da categoria na casa de US$ 1,5 bi

De acordo com a revista "Express", o banco escocês RBS e a holding Lehman Brothers receberam o valor da CVC Capital Partners

F-1 ganha bastante dinheiro, mas gasta muito, também

De acordo com a revista "Express", o banco escocês RBS e a holding Lehman Brothers receberam cerca de US$ 1,4 bilhão (R$ 2,184 bi) em pagamentos de empréstimos e juros da CVC, proprietária da F-1.

Desde a compra da categoria, a CVC já pagou empréstimos de US$ 762,3 milhões (R$ 1,189 bi) e gastou US$ 662,7 milhões (R$ 1,033 bi) de pagamentos de interesses. No mesmo período, a F-1 gerou cerca de US$ 1,2 bilhões (R$ 1,896 bi).
 
De acordo com a revista "Formula Money", a expectativa é de que este número ultrapasse a marca de US$ 2 bi (R$ 3,16 bi), chegando a passar dos US$ 3 bilhões (R$ 4,74 bi) em 2015.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias