Dono da Force India destaca desenvolvimento e relembra pole em Spa

Vijay Mallya acredita que time está em uma posição melhor: "nosso carro só ia rápido na reta e não fazia muito mais que isso!"

Mallya com Fisichella, comemorando a pole de 2009 em Spa

A performance nas últimas duas corridas animou a Force India. Tanto na Alemanha, quanto na Hungria, a equipe colocou um de seus carros como o “melhor do resto”, atrás apenas de Red Bull, McLaren e Ferrari. O dono do time, Vijay Mallya, comemorou o desenvolvimento do carro.

“São os resultados que contam. O desenvolvimento durante a temporada está dando frutos. O carro está ficando cada vez melhor e mais fácil de guiar. Os pilotos estão muito motivados e claramente estão dando o melhor de si. Na Alemanha, foi Adrian [Sutil] e, na Hungria, foi Paul [Di Resta]”.

Mallya destacou que o carro vem melhorando consistentemente desde Mônaco e que seus pilotos têm conseguido chegar à última parte da classificação. “O problema é que, infelizmente, sempre temos tido azar com um dos carros”, lembrou, referindo-se à escapada de Sutil na primeira volta na Hungria, que comprometeu sua corrida.

Já antecipando o GP da Bélgica, o indiano não pode deixar de lembrar da prova de 2009, quando Giancarlo Fisichella marcou a pole e chegou em segundo. Mallya não espera resultado parecido, mas afirma que a posição da equipe hoje é melhor.

“Foi um momento fantástico. Mas nosso carro só ia rápido na reta e não fazia muito mais que isso! Agora ele faz tudo o que lhe é pedido, independente da pista. Acho que é uma posição melhor para se estar.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias