Dupla da Mercedes crê que pista de Mônaco casa bem com o carro

Rosberg sente-se correndo em casa, enquanto Schumacher sabe que terá prova difícil após perda de cinco posições no grid

Schumacher perderá cinco posições no grid em Mônaco

Após uma vitória dominante na China seguida de duas corridas difíceis no Bahrein e na Espanha, a Mercedes espera se recuperar nas curvas lentas de Mônaco. Correndo em casa, pois foi criado e vive até hoje no Principado, Nico Rosberg – segundo piloto que marcou mais pontos, atrás de Sebastian Vettel, nas últimas três etapas – espera seguir na tendência de sempre ter sido rápido na pista.

“Acredito que um bom resultado é possível neste final de semana. A natureza da pista deveria casar bem com nosso carro mas, como vimos em todas corridas até aqui, o cuidado com os pneus será crucial. Com cinco vencedores diferentes nas primeiras provas, pelo menos cinco equipes deveriam ter chance de ganhar em Mônaco, então pode ser uma das corridas mais interessantes lá por anos.”

Já Michael Schumacher, que venceu por cinco vezes no Principado e afirmou considerar um contraponto a F-1 visitar a pista após anos buscando mais segurança nas pista, ainda que isso seja “justificável uma vez por ano, pois logo que você chega lá mal pode esperar para entrar na pista”, sabe que terá um final de semana complicado pela punição que recebeu após a colisão com Bruno Senna na Espanha.

“Saber que perderei cinco posições no grid não é muito bom, mas significa que terei de me esforçar mais. Estou muito confiante de que podemos ir razoavelmente em Mônaco devido ao trabalho de todos no desenvolvimento do carro.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias