Dupla da Mercedes terá boas histórias para contar na Hungria

Enquanto Michael Schumacher volta ao palco de seu quarto título, Nico Rosberg comemora o seu 100º GP na F-1

Schumacher diz que se sente ligado à Hungria

O GP da Hungria do ano passado pode não trazer boas lembranças para Michael Schumacher. Afinal, a disputa com Rubens Barrichello nas voltas finais resultou na perda de dez posições no grid para a corrida seguinte. Mas o alemão prefere relembrar momentos mais felizes, como seu quarto título mundial, conquistado justamente em Hungaroring, em 2001.

“Tivemos duas corridas caseiras em sequência, e me sinto também ligado à Hungria. Nunca vou esquecer que ganhei um dos meus títulos lá e sempre tive muito apoio dos fãs. Estou confiante de que podemos fazê-los curtir o final de semana com as melhorias que trouxemos para o carro. Estou impressionado com o esforço da equipe.”

Já Nico Rosberg, que largou em sexto no ano passado e não completou a prova, comemora o seu 100º GP da carreira neste final de semana.

“Vou para minha 100ª corrida e é maluco lembrar que meu pai tenha feito 114 provas. É um bom número, mas as estatísticas não são importantes para mim. Estou animado para o final de semana em Budapeste, porque gosto muito do Hungaroring. Precisamos trabalhar no acerto de corrida e ver quais melhorias conseguimos fazer, porque o carro que tinha na classificação da Alemanha era muito melhor do que na corrida.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Hungria
Pilotos Michael Schumacher , Nico Rosberg
Tipo de artigo Últimas notícias