Dupla da Virgin vê velocidade e desafios em Monza

D’Ambrosio, estreante, mal pode esperar para acelerar um F-1 no circuito italiano, enquanto Glock quer ser o último a frear

A Virgin promete um pacote de novidades para Monza

Mesmo pilotando um dos carros mais lentos do grid, os pilotos da Virgin estão ansiosos para andar em uma das pistas mais rápidas do calendário. Para Timo Glock, o maior desafio de Monza é ser o último a frear.

“Sempre gosto de pilotar nesta pista fantástica, uma das mais rápidas do calendário. A Variante Ascari é provavelmente uma das minhas partes prediletas do circuito, assim como a Parabolica, em que o verdadeiro desafio é frear o mais tarde possível.”

Jerome D’Ambrosio, que faz sua primeira prova na pista italiana na categoria principal do automobilismo, quer descobrir os limites da pista nestes carros mais rápidos.

“Mal posso esperar para pilotar um F-1 em alta velocidade em Monza. A velocidade é importante, mas a estabilidade na freada também é vital, assim como passar bem pelas zebras. O clima aqui também é muito especial.”

O belga aproveitou para agradecer o apoio dos compatriotas na última etapa. “Nunca vou esquecer aquele final de semana fantástico.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Timo Glock , Jérôme d'Ambrosio
Tipo de artigo Últimas notícias