Ecclestone admite atraso na entrada da F-1 no mercado de ações

Diante do atual cenário financeiro, oferta pública inicial na bolsa de Cingapura não deve acontecer neste mês

A entrada da F-1 na bolsa de valores de Cingapura deve ser atrasada até que a situação geral dos mercados no mundo melhore. É o que garante o presidente da empresa que gere os direitos comerciais da categoria, Bernie Ecclestone.

A oferta pública inicial da F-1 no pregão seria de 3 bilhões de dólares, considerada alta para os padrões atuais do mercado,e seria colocada na bolsa no neste mês de junho. É a quinta IPO a ser atrasada na Ásia, que sofre com a desaceleração da economia chinesa, apenas na última semana.

Outro bom exemplo do clima no mercado financeiro atual é a queda de 46% no montante total de negócios em relação ao mesmo período do ano passado.

“Estamos passando por todos os processos. Estamos nos preparando para que tudo seja bem feito e, quando quisermos ir, iremos”, afirmou à Reuters. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias