Ecclestone quer F-1 cada vez mais longe da Europa

Em entrevista ao jornal espanhol "Marca", chefão da categoria acredita que apenas cinco corridas serão realizadas no continente no futuro

Bernie Ecclestone

Em entrevista ao jornal espanhol Marca, Bernie Ecclestone afirmou que "o tempo da Europa na F-1 já deu".

Em uma acidez ainda não vista em relação ao Velho Continente, o chefão da categoria vê apenas um país capaz de receber a F-1: "Russia com certeza, pois temos um contrato."
 
Nesta temporada, 10 corridas foram realizadas fora da Europa, com apenas nove compondo a chamada temporada europeia da F-1. "A África do Sul é interessante, talvez. México... Acredito que a Europa acabou de várias formas", destaca.
 
"É um bom lugar para o turismo, mas nada mais. Europa é algo do passado. Acredito que, no futuro, tenhamos apenas cinco corridas na Europa", destaca Ecclestone, que, ao ser perguntado se a Europa era a alma da F-1, disse: "Costumava ser."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias