Ecclestone quer Petrov na F-1, diz empresária do piloto

Russo, que foi preterido na Renault após dois anos na equipe, ainda não está confirmado para a temporada 2012

Petrov e Oksana Kosachenko

 

Vitaly Petrov poderia ter um aliado de peso em sua luta para se manter no grid em 2012. De acordo com sua empresária, Oksana Kosachenko, o presidente da empresa que gere os direitos comerciais da F-1, Bernie Ecclestone, estaria engajado em encontrar uma vaga para o russo.

Depois de dois anos na Renault, hoje Lotus, onde foi preterido pela dupla Kimi Raikkonen e Romain Grosjean, Petrov poderia ir para a Caterham no lugar de Jarno Trulli ou se contentar com um posto como terceiro piloto.

“Quando ficou claro que não poderíamos ficar na Renault, falei com Bernie. Ele expressou seu apoio e tentou conversar com as equipes”, revelou Kosachenko à agência de notícias Ria Novosti.

“As equipes são, no entanto, completamente independentes de Bernie Ecclestone, então ele não pode influencias em suas decisões de maneira alguma, infelizmente.”

Além de Ecclestone, Petrov tem ainda o apoio pessoal de Vladimir Putin e trás bom apoio financeiro vindo de seu país natal.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Vitaly Petrov
Tipo de artigo Últimas notícias