Ecclestone rebate Montezemolo: "Deus sabe como ele estará na minha idade"

Farpas entre dirigentes continuam. Após ser chamado de "velho demais", Bernie provoca atual presidente da Ferrari

Bernie e Montezemolo:

Primeiro Bernie Ecclestone classificou como piada a atitude da Ferrari de pedir uma explicação sobre uma manobra de Vettel no GP do Brasil. Então, Luca di Montezemolo respondeu, dizendo que o dirigente de 82 anos estava velho demais para o cargo que ocupa. Agora foi a vez da tréplica de Ecclestone.

Primeiro, em resposta à BBC, disse torcer para que Montezemolo chegue bem aos 82 anos. “Deus sabe como ele estará aos 82. Mas no caso dele, não acho que a idade afeta, pois sempre foi o mesmo. Pelo menos ele é coerente”, alfinetou.

Depois, à Gazzetta dello Sport, o britânico lembrou de Enzo Ferrari para rebater a opinião de Montezemolo. “Eu tenho mesmo 82 anos e ninguém pode negar isso. Mas há algum tempo atrás eu costumava discutir assuntos com um senhor de 88 anos de idade, quando Luca tinha apenas 40. Seu nome era Enzo Ferrari e naquela época, mesmo com tal idade, ele me assustava, pois era incisivo, duro e muito esclarecido”, argumentou Bernie.

“O fato é que eu não me sinto com 82 anos. Agora mesmo estou indo à Genebra e à Istambul para ver se teremos o GP da Turquia de volta. E não vou parar por aí, tenho mil idéias na mente. E será que eu não pareço bem, algumas semanas após ter conseguido o que queria, criando o GP de Austin?”. Continuou.

No final, o chefão da F-1 contemporizou, lembrando que ele e Montezemolo já se desentenderam outras vezes, mas depois tudo fica bem. “Eu respeito a opinião dele, não é nenhum drama, não tenho ressentimentos. Mais de uma vez ele me atacou, mas no final nos entendemos”, concluiu. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias