Ecclestone responde a críticas da Nascar sobre corrida em Austin

Comandante da FOM ironiza declarações de dono do Texas Motor Speedway: "Ele é extremamente sortudo e não entende nosso problema"

Bernie Ecclestone defendeu a data do GP dos EUA da Fórmula 1. A corrida, marcada para o dia 2 de novembro, coincide com prova da categoria Sprint Cup da Nascar no mesmo estado, a AAA Texas 500 em Fort Worth, no oval Texas Motor Speedway.

Eddie Gossage, presidente do circuito, criticou duramente Ecclestone e o Circuito das Américas pela escolha da data. Para ele, a confusão é “totalmente boba”, a Fórmula 1 deveria ter escolhido outra semana para fazer a corrida e a direção dos Circuito das Américas deveria ter sido “forte” a ponto de negar a data.

Bernie respondeu a Gossage, dizendo que ele não entende a logística do campeonato. "Nós temos um pequeno problema que eles [Nascar] não têm. Nós temos seis jatos jumbo para deslocar todos os nossos equipamentos, e temos que encontrar a maneira mais sensata de usá-los para fazer isso", disse Ecclestone à Press Association. "Temos de ser eficientes e ter em mente que também podemos encontrar problemas em um aeroporto.”

"Há problemas que podem ocorrer, mas ele e outras pessoas não percebem essas coisas. A corrida anterior à dos EUA é na Rússia, em Sochi. Nós nunca estivemos lá antes, e nós temos que sair de lá e ir para Austin. Isso é provavelmente muito mais fácil do que tentar entrar no Brasil, e depois temos que sair de São Paulo para ir à Abu Dhabi. Ele é extremamente sortudo e não entende nosso problema”.

Ecclestone também acredita que os dois campeonatos têm “públicos diferentes”, o que não traria impacto algum às bilheterias.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias