Em 13º, Senna reconhece: "ainda tenho algumas coisas para aprender"

Brasileiro, que confia no ritmo de corrida do carro, erra em sua volta mais rápida e é superado pelo companheiro Maldonado

Bruno Senna larga em 13º na Malásia

Bruno Senna desceu do FW34 após a classificação com certa irritação. O brasileiro errou na última curva em sua volta mais rápida e ficou com a 13º lugar no grid do Grande Prêmio da Malásia. Pastor Maldonado, seu companheiro de Williams, larga duas posições à frente.

"Em termos de performance na classificação foi um pouco melhor que na Austrália. Ainda não acertei minha volta e estou sofrendo em classificações, o que é estranho se comparado ao ano passado, que era a parte mais tranquila para mim. Hoje a classificação foi muito mais apertada que na Austrália e dois décimos podiam nos levar lá para frente. Hoje não foi o dia que acertei."

"Na última curva eu ataquei um pouco demais e perdi uns dois ou três décimos. Acontece", disse Bruno Senna, em entrevistada acompanhada pelo TotalRace.

Após uma sexta-feira complicada na tentativa de acumular informações sobre o desgaste dos pneus, a grande dúvida em Sepang é como executar o plano para encarar a longa corrida. "A chave da prova será calcular a estratégia de corrida corretamente e atacar as voltas da forma certa. É muito fácil ir para o lado mais agressivo ou ser agressivo de menos e não fazer uma prova boa."

O lado positivo para a Williams é a simulação feita em saídas longas, com bom ritmo e consistência. "Acho que o carro está competitivo. Vimos na simulação de corrida que estamos fortes e agora precisamos acertar tudo. Espero que a má sorte tenha ficado em Melbourne."

"Acho que o carro tem boa performance na corrida. O clima vai influenciar nisso. Mas era melhor começar mais para frente e era possível fazer isso. Estou um pouco frustrando mas ainda tenho algumas coisas para aprender", finalizou Bruno.

O companheiro de Senna na Williams, Pastor Maldonado, deu uma escapada na curva 11 logo no início do Q2 e teve o carro avariado para o resto da sessão. Mesmo a um décimo de entrar no Q3, o venezuelano está animado com o ritmo de corrida do FW34.

“Sabíamos que seria difícil entrar no Q3 hoje, mas temos bom ritmo de corrida. Será duro amanhã, mas nosso carro parece consistente em sequências mais longas e estou ansioso pelo desafio.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias