Em alta, Rosberg lidera sexta-feira na Inglaterra com Ferrari próxima

Piloto alemão domina treino com Raikkonen e Vettel se colocando entre ele e o companheiro Hamilton. Massa é o 10º.

Depois de liderar a primeira prática desta sexta-feira por uma pequena margem de 0.070s, Nico Rosberg teve um pouco mais de conforto nesta segunda sessão livre. O piloto da Mercedes, pole position em Silverstone no ano passado, ponteou o resto por 0.347s para se consolidar como o mais rápido do primeiro dia de atividades.

As Ferraris vieram em seguida, com Kimi Raikkonen ficando em segundo lugar após superar o companheiro Sebastian Vettel por apenas 0.020s. Desta vez, os dois carros de Maranello separaram as duas Mercedes, já que o piloto da casa, Lewis Hamilton, foi o quarto. O bicampeão foi 0.466s mais lento que o companheiro.

Como destaque, as Red Bulls fizeram bons treinos. Kvyat foi o quinto e Ricciardo ficou no sexto lugar.

Os brasileiros fizeram uma sessão bem opaca, figurando pouco entre os dez primeiros. Felipe Massa chegou a colocar duas rodas do lado direito de seu carro na grama no início da sessão para dar passagem a outros carros. Mesmo com a Williams saindo de lado, Felipe conseguiu segurar. O piloto do carro 19 foi o 10º ao final dos 90 minutos de ensaio.

Já Nasr superou o companheiro de equipe, mas foi apenas o 16º, corroborando sua tese de que a Sauber teria dificuldades pelas características aerodinâmicas de Silverstone.

A sessão foi marcada por duas bandeiras vermelhas ocasionadas por erros na curva Luffield. Primeiro, aos 18 minutos, foi o francês Romain Grosjean que saiu da pista e ficou atolado na brita. Depois, com 15 minutos para o fim, o espanhol Roberto Merhi rodou e ficou para com as duas rodas dianteiras fora da pista. Ele conseguiu voltar, mas a bandeira vermelha já havia sido acionada. Outro que saiu da pista no ponto, mas conseguiu voltar, foi Alonso.

Após ceder seu carro no treino da manhã para o italiano Raffaele Marciello, Marcus Ericsson foi logo o primeiro a entrar na pista nesta segunda sessão. Além dele, Grosjean (que cedeu lugar para Jolyon Palmer) e Bottas (que cedeu seu carro para Susie Wolff) também entraram rapidamente.

Ainda de pneus duros, Hamilton marcou a volta de 1:35.055s nos primeiros dez minutos, superando seu companheiro Nico Rosberg, com 1:35.513s. Vettel vinha em terceiro com 1:36.012s. Hamilton ainda melhorou para 1:34.877s.

Aos 18 minutos de treino, Grosjean perdeu o controle de sua Lotus e saiu da pista na curva Luffield. Com o francês sem conseguir voltar para o circuito, a direção de provas decidiu parar a sessão com bandeira vermelha. Minutos depois, Alonso saiu da pista no mesmo lugar, mas, depois de lutar com sua McLaren, pôde sair da brita densa.

De pneus médios, Rosberg foi para a ponta após fazer 1:34.155s. Vettel foi para segundo, a 0.367s do compatriota. Hamilton era o terceiro. Os brasileiro não faziam boa sessão, com Massa em 11º e Nasr em 14º. Ambos não haviam entrado entre os dez melhores. No entanto, com pneus novos, Felipe logo subiu para oitavo, a 1.992s de Rosberg.

Com 50 minutos os dez melhores eram Rosberg, Vettel, Hamilton, Kvyat, Verstappen, Hulkenberg, Sainz, Massa Maldonado e Bottas. Raikkonen melhorou para quinto cinco minutos depois, com Alonso subindo de 17º para 14º, logo à frente de Felipe Nasr.

Raikkonen ainda voltaria a surpreender, superando seu companheiro Vettel por 0.020s pelo segundo lugar.

A partir daí se iniciaram os long runs. Nenhum piloto melhorou seus tempos, a não ser Grosjean, que conseguiu voltar com seu carro para a pista.

A 15 minutos do fim, Roberto Merhi se tornou mais uma vítima da curva Luffield. O piloto da Manor rodou, trazendo novamente a bandeira vermelha. No entanto, o piloto espanhol conseguiu sair sem deixar seu motor apagar.

Com 10 minutos para o fim os dez melhores eram Rosberg, Raikkonen, Vettel, Hamilton, Kvyat, Ricciardo, Verstappen, Hulkenberg, Sainz e Massa.

Amanhã o terceiro treino livre tem seu início marcado para às 6h. A classificação só começa às 9h.

Confira o resultado da segunda sessão:

 Pos.PilotoEquipeTempoDif.Voltas
01   N. Rosberg   Mercedes 1:34.155   33
02   K. Raikkonen   Ferrari 1:34.502 +0.347 28
03   S. Vettel   Ferrari 1:34.522 +0.367 26
04   L. Hamilton   Mercedes 1:34.621 +0.466 22
05   D. Kvyat   Red Bull 1:35.009 +0.854 24
06   D. Ricciardo   Red Bull 1:35.153 +0.998 21
07   M. Verstappen   Toro Rosso 1:35.300 +1.145 35
08   N. Hulkenberg   Force India 1:35.387 +1.232 33
09   C. Sainz   Toro Rosso 1:35.866 +1.711 37
10   F. Massa   Williams 1:36.147 +1.992 32
11   P. Maldonado   Lotus 1:36.164 +2.009 32
12   V. Bottas   Williams 1:36.183 +2.028 32
13   S. Perez   Force India 1:36.351 +2.196 28
14   R. Grosjean   Lotus 1:36.728 +2.573 21
15   F. Alonso   McLaren 1:36.731 +2.576 18
16   F. Nasr   Sauber 1:36.822 +2.667 23
17   J. Button   McLaren 1:37.196 +3.041 16
18   M. Ericsson   Sauber 1:37.327 +3.172 36
19   W. Stevens   Manor 1:38.279 +4.124 21
20   R. Merhi   Manor 1:39.878 +5.723 20

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Sub-evento Sexta-feira treino 2
Pista Silverstone
Pilotos Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Relato do treino livre