Em erro, Mercedes prejudica Hamilton e dá vitória a Rosberg; Nasr é 9º

Time manda Hamilton parar durante Safety Car e o faz perder liderança para Rosberg e segundo lugar para Vettel

Das 78 voltas do GP de Mônaco a mais importante foi a de número 64. Após um acidente envolvendo Max Verstappen e Romain Grosjean, o Safety Car veio à pista e a Mercedes chamou Lewis Hamilton para os boxes. Entretanto, o piloto da Mercedes não tinha diferença suficiente para fazer um pit stop e voltar na frente. Ele acabou perdendo o lugar para Nico Rosberg e Sebastian Vettel, que vinham logo atrás.

Após o Safety Car sair da pista, Hamilton foi para cima de Vettel, mas graças à dificuldade de ultrapassar, não pôde fazer nada. No fim, o inglês teve ainda de lidar com a pressão de Daniel Ricciardo, que passou Raikkonen e Kvyat nas últimas voltas.

Rosberg, que não teve nada a ver com os problemas da Mercedes, ganhou a prova. Foi sua terceira vitória seguida em Mônaco. Agora sua diferença para Hamilton é apenas de 10pontos no campeonato. Vettel foi o segundo. E Ricciardo deixou Kvyat passar após o russo ter lhe dado a posição para tentar atacar Hamilton.

O dia foi bom para Felipe Nasr. O brasileiro aproveitou os problemas de Monte Carlo, entre toques e problemas mecânicos de outros pilotos, para ser o nono colocado.

Felipe Massa acabou sofrendo um toque na largada que não foi exibido pela transmissão oficial da Fórmula 1. O piloto teve de ir ao box no fim da primeira volta. Apesar de apenas trocar o bico, seu pit stop foi lento e ele perdeu uma volta. Felipe só conseguiu passar as Manors e foi o 15º.

Apesar de um problema com Alonso, Jenson Button conseguiu marcar os primeiros pontos do ano para a McLaren, em oitavo.

Na largada Hamilton saiu bem. Rosberg resistiu à pressão de Vettel e das Red Bulls, continuando em segundo. Kvyat passou Ricciardo e Massa, que saia de 12º, teve problemas na primeira curva (não mostrado pela TV). O brasileiro teve de ir ao box para trocar o bico. Hulkenberg também precisou ir ao box após ser atingido por Alonso na Mirabeau. O espanhol levaria uma punição de 5s na primeira parada.

O Top 10 na primeira volta era Hamilton, Rosberg, Vettel, Kvyat, Ricciardo, Raikkonen, Pérez, Maldonado, Verstappen e Button. Na volta 6 Maldonado foi ultrapassado por Verstappen na Sainte Dévote. O venezuelano tinha problemas de freio e foi o primeiro a abandonar.

Na volta 15 Bottas, em 13º, foi o primeiro a parar para troca e pneus. O Top 10 era Hamilton, Rosberg, Vettel, Kvyat, Ricciardo, Raikkonen, Pérez,Verstappen, Button e Alonso. Nasr era o 11º e Massa 19º e último, uma volta atrás.

Pouco houve até a volta 30. Hamilton encontrou como retardatários Ericsson, Sainz e Hulkenberg e negociou melhor as ultrapassagens. Sua diferença para Rosberg subiu de 2.5 para 8.5s em três voltas.

Vettel entrou na volta 37 tentando o undercut. Ambos levaram os pneus supermacios à metade da prova e colocaram os macios. O alemão tentou mas não conseguiu superar Rosberg. Poucas voltas depois, Alonso parou com problemas mecânicos na Sainte Dévote. Nasr ganhou uma posição.

Na volta 50 os dez primeiros eram Hamilton, Rosberg, Vettel, Kvyat, Raikkonen, Ricciardo, Pérez, Button, Nasr e Grosjean. Oito voltas depois, Verstappen (que havia sofrido com um pit lento no meio da prova), se aproveitou de Sainz e Bottas dando passagem aos líderes e superou os dois.

O holandês ainda tentou passar Grosjean, mas acabou acertando o francês e bateu forte. Isso trouxe o Safety Car para a pista.

Isso mudou a história da prova. Lewis Hamilton parou nos pits enquanto que Rosberg e Vettel ficaram na pista. Hamilton voltou atrás ficou no terceiro lugar. O inglês bem que tentou na relargada, mas não conseguiu passar Sebastian Vettel.

Rosberg venceu pela terceira vez seguida no principado.

Confira o resultadoda corrida:

1. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 78 voltas (1hr 31m 54.067s)
2. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari +4.4s
3. Lewis Hamilton GBR Mercedes-Mercedes +6.0s
4. Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault +11.9s
5. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault +13.6
6. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari +14.3s
7. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes +15.0s
8. Jenson Button GBR McLaren-Honda +16.0s
9. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari +23.6s
10. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Renault +25.0s
11. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes +26.2s
12. Romain Grosjean FRA Lotus-Mercedes +28.4s
13. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari +31.1s
14. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes +45.7s
15. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes +1 volta
16. Roberto Merhi ESP Manor-Ferrari +2 voltas
17. Will Stevens GBR Manor-Ferrari +2 voltas

Abandonaram
Max Verstappen HOL Toro Rosso-Renault
Fernando Alonso ESP McLaren-Honda
Pastor Maldonado VEN Lotus-Mercedes

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Sub-evento Domingo corrida
Pista Monte Carlo circuito de rua
Pilotos Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Relato da corrida