Em fase ruim, Button é realista: “Não vamos estar de repente rápidos”

Campeão de 2009 e Kevin Magnussen veem pista da Espanha como meio-termo para MP4-29 mesmo com avanços

Chegando à temporada europeia, a McLaren quer voltar ao pódio em breve depois de três provas longe da boa forma mostrada no Albert Park, em Melbourne. Na ocasião Magnussen foi ao pódio em segundo e Button ficou em terceiro. Depois disso, o time encontrou seu ponto mais baixo nas duas últimas provas, quando não pontuaram.

“Acho que é um circuito diferente. Tivemos os dois extremos no Bahrein e na China”, relatou Button. “Aqui com o tempo mais quente nós já sabíamos, mesmo sem os avanços que trouxemos, que o carro seria mais competitivo que na China.”

“Desenvolvemos o carro durante o ano. Não é assim do nada. Ninguém desenvolve os avanços rapidamente e ninguém vai estar de repente muito rápido. Acho que veremos os carros rápidos continuando a ser rápidos e os carros que não eram rápidos continuando a não ser rápidos. Obviamente, melhorar o carro, quando a equipe tem recursos, pode ser melhor.”

“Acho que não vamos lutar pelo pódio aqui, mas a China foi um circuito muito difícil com downforce baixo e e temperatura baixa. O carro não funciona. Bahrein foi o contrário, e o carro foi bem lá. Espanha é um circuito entre esses dois.”

Para Magnussen as novas peças da McLaren não são tão surpreendentes. “O carro vai mudar um pouco, mas não vamos mudar o mundo.”

“Não fomos bem na China, mas temos que continuar com o espírito de luta forte e precisamos nos manter positivos. Vejo a equipe dando o máximo e fazendo o que pode para manter o clima bom. Vai levar um bom tempo para voltarmos onde queremos estar. Temos que aceitar isso e apenas trabalhar nisso. Vamos ver como vai ser aqui. Temos que continuar tentando, e temos de tentar aproveitar o momento.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias