Em grande recuperação, Massa sai de nono para o pódio na Espanha

Tendo de ser agressivo após punição na classificação, brasileiro só lamenta queda de rendimento no final da prova

Em excelente prova de recuperação, Felipe Massa foi agressivo para chegar em terceiro lugar após largar em nono no GP da Espanha.

O resultado do brasileiro foi construído logo na primeira volta, quando fez três ultrapassagens para retornar a sua posição de origem antes da punição por atrapalhar Mark Webber no treino, em sexto, e, a partir daí, usou o ritmo da Ferrari sempre que teve pista livre para superar as Mercedes e Sebastian Vettel e conquistar seu primeiro pódio do ano.

Massa, no entanto, disse que a missão não foi fácil pois, mesmo parando quatro vezes durante a prova, sofreu para cuidar dos pneus.

“Ontem foi desapontador perder as três posições, mas a corrida foi muito boa, o carro estava fantástico. Acho que voltei para a minha posição na primeira volta. Tive dificuldade de fazer os pneus sobreviverem no final de cada stint, mas foi uma grande corrida.”

O brasileiro salientou que muito do resultado teve a ver com a primeira volta. “Foi excelente. Consegui ultrapassar carros na pista [após a largada], o que valeu a pena. Passei o Perez e o Hamilton. Depois, tive de antecipar a parada para ganhar mais posições, o que deu certo. Passei também Rosberg na pista e depois foi uma questão de controlar o ritmo e tentar economizar o pneu traseiro”, resumiu.

“Tudo funcionou bem até a última parada, que eu esperava que seria o melhor stint, mas foi o pior. Tínhamos um pneu duro novo que esperava que durasse mais e permitisse que lutasse com Kimi, mas, por algum motivo, o carro ficou traseiro desde a primeira volta e não consegui chegar nele. Foi uma excelente corrida e um bom resultado para a gente, que largou em nono.”

Massa só lamentou a punição que recebeu na classificação, da qual discorda. “Fica um gosto de que poderia ter sido melhor. Fiquei chateado com o que aconteceu ontem. Mas tínhamos feito uma boa volta e estávamos largando em uma posição decente para nosso carro em classificação. Poderia ter sido um pouco melhor essa corrida, vamos trabalhar para as próximas.”

Além do bom resultado para ele próprio, Massa ainda tirou pontos de um rival importante do companheiro Alonso na luta pelo título e permitiu que a Ferrari retomasse a vice-liderança do mundial de construtores em cima da Lotus. No mundial de pilotos, o brasileiro subiu para a quinta colocação no campeonato, com 45 pontos, a cinco do rival mais próximo, Lewis Hamilton.

“Estou nesta equipe há oito anos e tenho certeza de que eles sabem o que posso fazer e conquistar, como já provei várias vezes. O que mais me preocupa é brigar para chegar no pódio, vencer corrida e fazer o melhor que posso dentro do carro. Essa é a preocupação melhor que tenho.”

Para coroar o pódio, Massa teve a presença da esposa Rafaella e do filho Felipinho. “Me dá um prazer muito grande, primeiro porque ele gosta do negócio e sempre me acompanha, e segundo porque a Rafa é uma parceira tremenda e hoje é dia das mães. Foi um dia excelente para todos nós.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Espanha
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias