Em “sexta-feira típica”, Massa não se preocupa com 16º lugar

Piloto reclama de bandeiras vermelhas na segunda sessão de hoje depois de não conseguir concluir programação

Apesar da má classificação ao fim desta sexta-feira de treinos livres, Felipe Massa não está chateado com o rendimento de sua Williams no circuito da Bélgica.

O circuito, que privilegia um dos grandes pontos fortes do FW37 - a velocidade em linha reta -, traz esperanças de bons resultados para o time de Grove, que normalmente prefere se focar em ritmo de corrida às sextas-feiras.

"Foi uma sexta-feira típica para a Williams, que nunca sai no topo das folhas de tempo”, iniciou Massa.

“Nós completamos uma grande parte do trabalho que nos propusemos. Fomos retidos apenas pelas bandeiras vermelhas, que foram inesperadas. Meu ritmo de long run não foi tão praticado como eu gostaria.”

“Mas devemos estar plenamente competitivos amanhã e vamos melhorar nossa velocidade ao longo do resto do fim de semana.”

14º à tarde, Bottas reforçou Massa dizendo que os tempos de hoje pouco representam. "Foi bom voltar ao carro após as férias. Hoje nosso foco principal foi em testes aerodinâmicos, incluindo nossa configuração de asa traseira. Também analisamos os pneus, como é o esperado em uma sexta-feira.”

“Nós coletamos muitos dados ao longo do dia. Sabemos que os tempos de hoje não são muito representativos. Continuaremos a melhorar nosso desempenho durante todo o fim de semana.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Sub-evento Sexta-feira treino 2
Pista Spa-Francorchamps
Pilotos Felipe Massa , Valtteri Bottas
Equipes Williams
Tipo de artigo Últimas notícias