Em terceiro, Kimi aposta as fichas na largada para incomodar Mercedes

Finlandês da Ferrari se beneficia de problemas mecânicos do companheiro Vettel e abre seu placar na batalha dos grids.

Antes tarde do que nunca. Kimi Raikkonen se classificou pela primeira vez no ano à frente do companheiro Sebastian Vettel. Mas, desta vez, a boa performance veio com uma ajuda do problema mecânico que o alemão enfrentou durante o Q1, e o fez apenas se classificar em 16º (15º com a punição a Verstappen). O placar interno, com isso, ficou em 6 a 1 à favor do alemão.

Sereno como sempre, Kimi lamentou o problema do parceiro e disse estar por enquanto tendo um bom final de semana em Montreal.

Vencedor da corrida em 2005, o finlandês revelou que os tokens utilizados para melhorar o motor deram resultados na classificação.

“Vamos ver o que podemos fazer com a estratégia amanhã, mas o final de semana tem sido muito bom e calmo como poderia ser com as condições climáticas aqui”, iniciou o campeão de 2007.

“Estou chateado pela equipe, que um carro tenha tido problemas. Mas a corrida é amanhã.”

“Estamos um pouco mais fortes aqui, então precisamos fazer uma boa largada e, a partir daí, ver o que acontece. Por enquanto estamos indo muito bem. Obviamente não foi o ideal, porque não estamos em primeiro, mas isso já é melhor.”

Kimi divide a segunda fila com o compatriota Valtteri Bottas, da Williams.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Sub-evento Sábado classificação
Pista Circuit Gilles-Villeneuve
Pilotos Kimi Raikkonen
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias