Em terceiro, Michael Schumacher destaca evolução da Mercedes

Alemão garante que acertou o carro pensando na corrida e pergunta: "quem imaginaria em 2011 que estaríamos aqui?"

Schumacher se mostrou satisfeito com terceiro lugar

Destacando a evolução da Mercedes em relação ao ano passado, Michael Schumacher não escondeu a satisfação com a terceira posição no grid de largada para o GP da Malásia, sua melhor colocação em uma classificação desde o retorno à F-1, no início de 2010.

“Naturalmente, gostaria de estar mais à frente, mas, honestamente, pensando de onde viemos, acho que é uma grande conquista. Não tenho arrependimentos, estou me sentindo bem, particularmente sabendo que escolhemos um carro que deve trabalhar melhor durante a corrida ao invés da classificação. Tomara que isso traga dividendos amanhã.”

O alemão destacou o fato de ter superado, pela segunda corrida seguida, carros como as Red Bull e disse ainda não pensar nos que estão na frente, os McLaren.

“Vamos pouco a pouco. Como disse, temos de pensar em quem está atrás de nós. Quem imaginaria isso o ano passado? É dessa maneira que eu quero ver em vez de pensar que ainda temos que melhorar.”

O heptacampeão pediu que a equipe continue se desenvolvendo para ao menos manter a posição de uma das grandes forças do campeonato, após o bom rendimento em duas pistas com características diversas.

“Estamos razoavelmente perto, não acredito que estejamos a quilômetros de distância como estivemos ano passado. Agora precisamos de um bom programa de desenvolvimento, trabalhar metodicamente e com foco e veremos o que a temporada nos trará. Estou feliz em estar nessa posição, tanto aqui, quanto na Austrália [largou em quarto], pois são duas pistas bastante diferentes e são um bom indicativo para o resto da temporada.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pilotos Michael Schumacher
Tipo de artigo Últimas notícias