"Em um todo, os pneus foram melhores", destaca Barrichello

Piloto da Williams foi o 13º nesta quinta-feira em Mônaco e relata que trabalho foi em cima dos pneus traseiros

Rubens Barrichello em Mônaco

"Foi melhor que o imaginado". Assim Rubens Barrichello descreveu o comportamento dos pneus macios e supermacios levados pela Pirelli a Mônaco.

O piloto da Williams terminou a quinta-feira andando na 13ª colocação e destacou que o principal trabalho no dia foi remediar o desgaste dos pneus traseiros, um problema crônico do FW33.
 
"Em um todo, os pneus foram melhores. O supermacio, inclusive, foi mais rápido que o macio no 'long run'. Acho que vai ter muita gente falando bem dos pneus e acredito que duas paradas serão possíveis", comenta o piloto de 39 anos de idade.
 
"Colocamos pneus novos muito cedo para fazer a volta rápida e depois fazer o 'long run'. O nosso maior problema é o desgaste do pneu traseiro, e nosso exercício principal foi este", resume Barrichello, que avalia o emprego da asa móvel nesta pista.
 
"No túnel é impossível; no resto é usável. Para você ver, teve acidente no túnel sem o uso da asa. Se tem algo que vai ajudar a ultrapassar neste circuito são os pneus", completa.
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Mônaco)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Monaco
Pilotos Rubens Barrichello
Tipo de artigo Últimas notícias