Em Xangai, Vettel segue invicto nas classificações

Alemão conquista a sexta pole position nas últimas sete corridas, enquanto parceiro Webber é eliminado no Q1; já as duas McLarens saem logo atrás

Sebastian Vettel: pole com sobras em Xangai

Tranquilamente, Sebastian Vettel ficou com a pole position para o GP da China. No entanto, o alemão terá de lutar sozinho contra a concorrência na corrida do domingo: seu parceiro de Red Bull, Mark Webber, foi eliminado logo na primeira fase do treino, contrastando com o domínio emplacado pelo companheiro desde a primeira etapa.

O atual campeão se garantiu na ponta logo em sua primeira saída no Q3, não sendo incomodado pelos rivais e atingindo a incrível marca de seis poles nas últimas sete corridas disputadas. Já as outras posições foram decididas todas na bandeirada. Vice-líder, Jenson Button sairá na primeira fila com a McLaren, seguido do parceiro Lewis Hamilton, terceiro na tabela.
 
Nico Rosberg colocou a Mercedes em quarto, com a Ferrari dividindo a terceira fila, com Fernando Alonso à frente de Felipe Massa. Jaime Alguersuari (Toro Rosso), Paul di Resta (Force India), Sebastian Buemi (Toro Rosso) e Vitaly Petrov (Renault, que teve um problema hidráulico e não foi ao Q3), completam a lista dos dez primeiros no grid. Rubens Barrichello ficou pelo caminho no Q2 e sairá em 15°.
 
Como foi o treino
 
A primeira fase da classificação começou tímida, com a primeira volta lançada sendo registrada com três minutos de sessão. Perez liderou no início, superado por Button, Alguersuari, Hamilton e Vettel. O último homem a abrir tempo foi Kobayashi, com seis minutos para o fim. Os três minutos finais viram quedas repentinas no tempo, agitando o chamado "happy hour". Prova disso foi Alonso tomar a ponta, depois Petrov e Rosberg. A surpresa ficou por conta de Webber, fora do Q1.
 
A segunda parte do treino viu todos irem para a pista logo de cara, exceto os dois Renault. Button foi logo para a ponta, com Hamilton o ultrapassando a oito minutos do fim. Mas, a dois minutos, uma bandeira vermelha foi acionada, pois o carro de Petrov ficou parado no meio da pista. No reinício da sessão, todos retornaram à pista e disputaram uma minicorrida. Para surpresa geral, Heidfeld caiu no Q2, assim como Schumacher. 
 
Na bateria final, Vettel subiu para a ponta logo de cara, com o temporal de 1min33s706. Os outros postos no grid foram todos decididos todas na bandeirada. 
 
O GP da China de F-1 tem largada marcada para às 4h da manhã (de Brasília), com transmissão ao vivo da Rede Globo e das rádios Jovem Pan, Bandeirantes e Globo CBN.
 
Confira o grid de largada:
 
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pilotos Sebastian Vettel
Tipo de artigo Últimas notícias