Empresária nega que Schumacher não corra mais risco de morte

Informação teria sido dada pelo ex-piloto Phillipe Streiff. Sabine Kehm classificou ideia como "pura especulação"

A empresária e porta-voz de Michael Schumacher negou na tarde deste sábado que Michael Schumacher não corre mais risco de vida. De acordo com Sabine Kehm, o heptacampeão permanece internado em "estado crítico, mas estável". E criticou informações especulativas vindas de outras fontes. "Queríamos esclarecer que qualquer informação sobre a saúde de Michael que não tenha vindo dos médicos que o estão tratando ou de sua empresária devem ser consideradas inválidas e são pura especulação. Em consulta com estes médicos, não é esperada uma nova conferência de imprensa antes de segunda-feira".

A informação incorreta teria sido dada pelo ex-piloto Philippe Streiff, que visitou o hospital na última sexta-feira. Piloto da Fórmula 1 entre 1984 e 1989, o francês ficou tetraplégico após um forte acidente durante um teste em Jacarapaguá em 89. Vítima de mau atendimento, o ex-piloto falou logo após ter conversado com médico amigo de Schumacher, Gerard Saillant.

“Não sou médico, apenas estou repetindo o que Gerard Saillant me disse”, afirmou à Sky Sports News. “Ele me disse que a condição de Michael é séria, mas sua vida não está mais em perigo”.

Schumacher estava utilizando uma câmera no capacete no momento da queda, que está sendo examinada pela polícia para saber as causas do acidente. Os policias já colheram depoimentos do filho de Schumacher de 14 anos, Mick, e de um amigo do adolescente, que esquiavam junto com ex-piloto no momento da queda.

O site de Schumacher definiu a participação dos fãs nos últimos dias na frente do hospital da Universidade de Grénoble como “impressionante”.

“A incrível simpatia mostrada pelos fãs da Ferrari fora do hospital impressionou muito a nós e nos levou às lágrimas. Estamos agradecidos por isso e pelos desejos profundos de restabelecimento para Michael que chegam de todo o mundo.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias