Empresário diz que conversas de Räikkönen com Red Bull terminaram

Em entrevista a jornal finlandês, empresário confirma que campeão de 2007 não substituirá Webber na Red Bull

Após muitos boatos durante as férias de Verão europeias, o empresário de Kimi Räikkönen, Steve Robertson, disse à imprensa finlandesa que o atual piloto da Lotus não se juntará à Red Bull no ano que vem ao lado de Sebastian Vettel.

A desistência nas negociações poderá significar que o acerto com o australiano Daniel Ricciardo da Toro Rosso esteja próximo de se concretizar. Desde as últimas corridas antes da pausa de férias os dirigentes da equipe de Milton Keynes informaram que apenas os dois pilotos estavam na disputa pela vaga deixada por Mark Webber no segundo carro do time. O piloto, há 11 anos na F-1, irá para o projeto da Porsche no Mundial de Endurance.

“As negociações com a Red Bull não foram bem sucedidas e acabaram há algum tempo”, falou Robertson ao jornal Turun Sonomat.

A notícia chega poucos dias depois do jornal alemão Bild ter dito que Ricciardo será anunciado como segundo piloto da Red Bull no ano que vem durante o GP da Bélgica.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias