Equipes da F1 ganham nova opção de sensor de combustível

A partir de agora, os times podem optar por marca recém homologada pela FIA.

Até hoje, as equipes da Fórmula 1 tinham como escolha de sensor de combustível apenas os oferecidos pela Gill Motorsports Systems. Mas agora a FIA homologou uma nova opção de sensor, fornecido pela Sentronics Limited. A nova fabricante afirma que seu produto tem setup diferente do já utilizado pelas equipes, tanto na parte mecânica quanto na eletrônica.

As equipes encontraram dificuldades no início do ano, com os motores não conseguindo alcançar a consistência que queriam com as taxas de fluxo de combustível, embora depois houvesse o melhor entendimento com a tecnologia, conforme o tempo passou.

O Motorsport.com apurou que os fabricantes de motor da categoria já estão dialogando com a Sentronics acerca da avaliação do novo componente, sendo que o primeiro teste de esforço é aguardado para breve.

O diretor da Sentronics, Neville Meech, afirmou: "A experiência que as equipes estavam tendo com nosso concorrente nos ajudou a aperfeiçoar nosso produto em seu entendimento, para que fosse homologado pela FIA."

"Em termos práticos, isso nos levou a um rigor muito maior tecnicamente falando, para que a homologação acontecesse. Satisfazer esses requisitos têm sido desafiador e demorado, mas posso dizer que nosso produto final é ainda mais forte."

Além da Fórmula 1, a FIA também aprovou o sensor da Sentronics para a LMP1 da World Endurance Championship.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias