Ericsson aponta amadurecimento após passagem pela Caterham

Companheiro de Felipe Nasr teve temporada conturbada em 2014 com sobrepeso e falhas em seu carro

Perto de finalizar sua preparação para o GP da Austrália, Marcus Ericsson diz que considera sua passagem pela Caterham, no ano passado, fundamental para seu amadurecimento na Fórmula 1. 
 
[publicidade]Mesmo sem pontuar pela ex-equipe, o sueco observa que a experiência na última temporada serviu para que ele mostrasse seu potencial e pudesse ganhar uma chance na Sauber. 
 
"À medida que você começa na Fórmula 1 como um novato, quer provar seu potencial. Por razões diferentes, isso foi mentalmente muito difícil para mim. Mas, quando eu olho para trás, vi que fiz de tudo, não fiquei negativo e, no final, valeu a pena. Antes da Caterham fechar, acho que consegui salvar minha carreira na Fórmula 1", disse. 
 
Entre os problemas enfrentados em 2014, Ericsson cita as falhas nos sistemas da Caterham e também seu sobrepeso. 
 
Nas três baterias de treinos da pré-temporada, o sueco e Felipe Nasr, seu companheiro na Sauber, surpreenderam e anotaram voltas rápidas. 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias