"Estou pronto para uma equipe de ponta", diz Bianchi após pontos

Ao TotalRace, piloto revelou que achou não pontuaria quando soube que teria punição de cinco segundos

Ao lado do vencedor da corrida Nico Rosberg, que reassumiu a liderança do campeonato, Jules Bianchi era provavelmente o piloto mais feliz após o GP de Mônaco. O francês terminou a prova em oitavo e, mesmo caindo para nono após ter cinco segundos acrescentados ao seu tempo devido a uma punição, comemorou muito os primeiros pontos da história da Marussia.

“Eu não pensei que estaria nos pontos, mesmo estando entre os dez, porque eu recebi o comunicado da equipe que teria cinco segundos acrescentados ao meu tempo, por causa da punição”, disse o piloto ao TotalRace após a corrida.

Bianchi sofreu duas punições em Mônaco. Primeiro por ter alinhado fora de posição, induzido ao erro por Gutierrez e Chilton e, depois, por ter cumprido a primeira com Safety Car na pista. Quando foi comunicado que teria cinco segundos acrescentados ao final da prova o francês era o 10º colocado, mas com Romain Grosjean próximo dele.

“Então tentei abrir vantagem sobre Grosjean, mas estava muito difícil, pois tínhamos o mesmo ritmo. Mas, no final, Kimi e Magnussen bateram, o que foi uma grande sorte para nós e terminamos nos pontos”, disse Bianchi, que explicou o que houve antes da largada.

“Maldonado não saiu (para a volta de apresentação), ficou parado no grid e nós voltamos para a largada. Então, Gutierrez alinhou no lugar que era de Maldonado e Chilton alinhou no de Gutierrez. Mas eu percebi e tentei parar para não ficar no lugar que era de Chilton. Mas aí eu vi o Kobayashi atrás de mim e não tinha como voltar. Então, eu fiquei ali, até porque não havia mais tempo, as primeiras luzes já estavam acendendo. Apenas tentei não ganhar posições na largada, mas, de qualquer jeito, veio a punição”, relembrou.

O piloto sabe que a conquista em Monte Carlo foi muito devido ao apertado traçado, que dificulta as ultrapassagens, mas ressaltou a melhora no carro e se disse muito contente por ter conquistado os primeiros pontos da Marussia. “Tive boas lutas com Vergne e Grosjean, mas o ritmo estava bem melhor do que normalmente, embora a gente saiba que Mônaco é um circuito especial. De qualquer jeito, melhoramos o carro desde Barcelona, conseguimos um bom equilíbrio, o que deixou o carro bem melhor para Mônaco. Foi muito positivo para mim. O time esperou por isso durante quatro anos e eu fico muito feliz de ter sido o primeiro a conseguir pontos para a Marussia”.

Ao Auto-Motor und Sport, da Alemanha, Bianchi aproveitou para lembrar que está pronto para ir para uma equipe mais forte. "Mesmo que não signifique muito para os outros, para nós este nono lugar é como uma vitória ", disse o piloto de 24 anos. “Isto pode me ajudar em relação ao futuro. Vamos como a temporada se desenvolve, mas me sinto pronto para uma equipe de ponta "

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias