“Eu não preciso de empresários”, acredita Daniel Ricciardo

Sensação da temporada do ano passado, quando superou Vettel, australiano se diz “feliz em fazer todo o trabalho sozinho”

Reconhecido como um dos maiores talentos da F1 dentro da pista atualmente, Daniel Ricciardo acredita que consiga negociar seus contratos na Fórmula 1 totalmente sozinho, sem precisar de um empresário. O australiano é um dos nomes cogitados pela Ferrari para ocupar o lugar de Kimi Raikkonen no ano que vem, ao lado de Hulkenberg e Bottas. Isso, é claro, se Raikkonen sair.

Quando perguntado se considera ter um empresário, ele respondeu: “tenho um grupo pequeno de pessoas ao meu redor. Só um advogado e eu.”

"Eu recebo conselhos de algumas pessoas aqui e ali, mas sempre tive a decisão em minhas mãos”, falou o australiano.

"Obviamente, já estive com alguns empresários, empresas e agências de gestão. Não me entenda mal, eu acho que todos eles têm algo a oferecer. Até este ponto da minha carreira, a Red Bull me ajudou em muitos dos acordos que fiz, e praticamente escolheu para onde fui.”

"Então, realmente nunca precisei. Estou feliz em fazer tudo sozinho”

"Obviamente, conhecendo o paddock um pouco melhor agora, se eu tivesse que ir e falar com alguém ou negociar alguma coisa, sinto que eu poderia ir lá e fazer a maioria dos negócios por mim mesmo."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Daniel Ricciardo
Equipes Red Bull Racing
Tipo de artigo Últimas notícias