Ex-narrador britânico, Murray Walker é diagnosticado com câncer

Dono da voz da Fórmula 1 na Inglaterra até 2001, narrador de 89 anos não irá mais à Silverstone no próximo fim de semana

Murray Walker

O ex-locutor da F-1 no Reino Unido, Murray Walker foi diagnosticado cm câncer linfático. Um tipo de câncer em que o sistema linfático, órgão responsável pela proteção do organismo, encontra-se comprometido.

Segundo o próprio narrador, o câncer foi descoberto “incrivelmente cedo” e se disse animado para um tratamento rápido.

“Eles pegaram incrivelmente cedo”, disse Walker, que parou de narrar as corridas em 2001. "É tratável. Os médicos disseram que minha condição é leve e estou muito esperançoso”, completou à TV inglesa BBC.

O ex-narrador começou a ficar doente durante os testes, depois de quebrar a pélvis uma queda. Murray fará quimioterapia nos próximos meses para combater a doença. Walker não irá mais ao GP da Grã-Bretanha,daqui duas semanas.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias