Fã do MP4/4, novo piloto da McLaren diz preferir Senna a Prost

Kevin Magnussen respondeu a uma série de perguntas dos torcedores e admitiu sentir pressão por estrear num grande time

Uma das grandes surpresas do grid de 2014 será o dinamarquês Kevin Magnussen que, sem passar pela GP2, será titular da McLaren ao lado de Jenson Button. Filho do também piloto de F1 Jan Magnussen, Kevin respondeu nesta terça-feira, pelo Twitter, uma série de perguntas dos torcedores da equipe inglesa para que o público o conhecesse melhor.

O piloto admitiu sentir uma certa pressão por estrear logo numa das equipes mais vencedoras da categoria e disse que está ansioso por pilotar ao lado de Button. “Eu estou pronto para aprender com Jenson - ele tem enorme experiência e será um grande companheiro de equipe. Vou aproveitar ao máximo a oportunidade”, respondeu. “Eu sinto alguma pressão, claro, porque a McLaren é uma equipe de ponta e eles sempre esperam grandes resultados. Mas não há uma pressão extra por causa do meu pai”, continuou lembrando que seu pai também estreou no time de Woking.

Magnussen também falou sobre a pista que mais tem vontade de guiar – Suzuka – e sobre o fato da Dinamarca não ter um Grande Prêmio no calendário. “Infelizmente não haverá nenhuma corrida que poderei considerar como sendo “minha casa”, mas espero que não falte torcida dinamarquesa nas corridas europeias. O apoio deles é muito importante”.

Falando em McLaren, não tem como esquecer o dominante carro de 1988 e a dupla Senna e Prost. Magnussen disse preferir o brasileiro ao francês e, perguntado sobre qual o carro favorito de todos os tempos, o dinamarquês não titubeou: “É o MP4/4. Ganhou 15, das 16 corridas. Era um carro surpreendente”, elogiou.
 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Japão
Tipo de artigo Últimas notícias