Falha no chassis faz Lotus abandonar testes em Barcelona

Sem identificar exatamente o problema, equipe de Raikkonen e Grosjean divulga que terá de fazer modificações nos carros

Grosjean deu apenas sete voltas hoje

A Lotus decidiu abandonar os testes coletivos de Barcelona após identificar um problema em seu chassis na manhã de hoje, quando foi realizado o primeiro dia da segunda bateria de testes.

O francês Romain Grosjean completou apenas sete voltas antes de parar nos boxes e a equipe decidir que não sairia mais na sessão de hoje. A decisão inicial era de enviar o carro de volta para a fábrica e utilizar no restante do teste o modelo com o qual Grosjean e o companheiro Kimi Raikkonen correram em Jerez, há duas semanas.

Ainda que o primeiro chassis tenha completado a maior quilometragem – 1788km – entre os carros novos em Jerez e marcado o melhor tempo, a equipe anunciou que o problema encontrado requer uma modificação em ambos os carros. A questão só teria aparecido em Barcelona devido às características do circuito, de maior pressão aerodinâmica.

“Antes que enviássemos o chassis E20-01 para Barcelona para substituir o E20-02, fizemos uma série de simulações na fábrica baseadas nas informações vindas do pouco que andamos hoje. Como resultado, conseguimos identificar uma área que requer mais trabalho”, reconheceu o diretor técnico James Allison.

“Será mais produtivo para nós fazer as modificações necessárias em ambos os carros em Enstone do que mandar o E20-01 para esta semana de testes. Vamos tomar as medidas necessárias e corrigir o problema antes da semana que vem.”

Assim, a equipe perderá cerca de um terço dos testes antes do início da temporada. A última bateria acontecerá entre os dias 1º e 4 de março, também em Barcelona.

“Ficar sem andar nesta semana foi uma decisão difícil”, admitiu o chefe da equipe, Eric Boullier. “Mas sentimos que é a escolha certa. Do lado positivo, identificamos rapidamente o problema e nosso departamento de design já estudou uma solução. Estaremos presentes do próximo testes, em Barcelona.”

Boullier destacou o bom desempenho inicial do novo carro. “Temos fé devido ao fato de que o E20 se mostrou rápido logo de cara em Jerez e mostrou sua confiabilidade lá. Temos muito trabalho na próxima semana mas todos em Enstone estão prontos para o desafio.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias