Família de Bianchi revela lesão gravíssima e agradece apoio

Internado há mais de dois dias após acidente no GP do Japão, piloto é assistido por médico da FIA e enviado da Ferrari

Mais de dois dias depois do acidente sofrido durante o GP do Japão de Fórmula 1, a condição de Jules Bianchi continua bastante séria, como indica comunicado divulgado pela família do francês de 25 anos.

[publicidade] A informação é de que Bianchi sofreu uma lesão axonal difusa e segue em estado crítico, porém estável. Este tipo de lesão é grave e responde pela maior parte das sequelas crônicas no cérebro, como perda das funções cerebrais superiores e estado vegetativo. É decorrente de casos em que há aceleração ou desaceleração abrupta, causando tração e ruptura dos axônios e vasos de maneira ampla, ou seja, não apenas em uma determinada região do cérebro. Os axônios são responsáveis pela transmissão dos impulsos elétricos dentro do cérebro.

A família aproveitou para agradecer o apoio que vem recebendo, especialmente dos médicos Gerard Saillant, presidente da Comissão Médica da FIA, e do professor Alessandro Frati, neurocirurgião da Universidade de Roma La Sapienza. O italiano viajou ao Japão a pedido da Ferrari, equipe da qual Bianchi faz parte por meio da academia de jovens pilotos.

Bianchi está internado desde domingo, quando sofreu um grave acidente em Suzuka. O piloto perdeu o controle de sua Marussia e chocou-se com um trator que fazia a remoção de outro carro, na área de escape. O francês passou por uma cirurgia no mesmo dia e, desde então, segue internado na UTI.

Leia o comunicado na íntegra:

“Este é um momento muito difícil para nossa família, mas as mensagens de apoio e afeição por Jules vindas de todo o mundo estão nos confortando. Gostaríamos de expressar nosso sincero apreço.

“Jules continua na UTI do Centro Médico Geral de Mie, em Yokkaichi. Ele sofreu uma lesão axonal difusa e está em estado crítico, mas estável. Os profissionais no hospital estão provendo o melhor tratamento e cuidado e estamos agradecidos por tudo o que eles têm feito por Jules desde seu acidente.

“Também estamos agradecidos pela presença do professor Gerard Saillant, presidente da Comissão Médica da FIA, e do professor Alessandro Frati, neurocirurgião da Universidade de Roma La Sapienza, que viajou para o Japão a pedido da Scuderia Ferrari. Eles chegaram no hospital hoje e se encontraram com os médicos responsáveis pelo tratamento de Jules, a fim de se informarem de seu estado clínico para que eles tenham condições de aconselhar a família. Os professores Saillant e Frati reconhecem o excelente cuidado sendo provido pelo hospital e gostariam de agradecer os colegas japoneses.

“O hospital continua monitorando e tratando Jules e novos boletins serão providos quando for apropriado.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias