Felipe Massa é o melhor da sexta-feira na Índia

Brasileiro é 88 milésimos mais rápido que Sebastian Vettel, com Alonso em terceiro em sessão movimentada

Massa foi o melhor da sexta-feira

Felipe Massa foi o mais rápido do primeiro dia de atividades do GP da Índia. O brasileiro da Ferrari foi 88 milésimos melhor que Sebastian Vettel, em sessão bastante movimentada. Fernando Alonso foi o terceiro, à frente de Lewis Hamilton, Mark Webber e Jenson Button. Bruno Senna também foi bem, marcando o oitavo melhor tempo. Rubens Barrichello foi o 15º, todos à frente de seus companheiros.

A segunda sessão de treinos livres para o GP da Índia começou já movimentada, vários pilotos fazendo longas sequências de voltas. Entre eles, Pastor Maldonado e Fernando Alonso, que perderam muito tempo no primeiro treino livre com quebras de motor. Mas o período de experiência do venezuelano sofreu outra parada após sete voltas, quando o piloto da Williams rodou e atolou na brita.

A essa altura, Vettel já liderava a sessão, com Button em segundo e Webber em terceiro. Em sua sétima volta lançada, Hamilton foi o primeiro a baixar o tempo para a casa dos 1min26 e tomou a ponta. O piloto inglês, que dominou o primeiro treino livre, vai perder três posições no grid de largada por ter ignorado bandeiras amarelas, assim como o mexicano Sergio Perez.

Bruno Senna rodava mais lento de Vitaly Petrov, que permanecia no top 10, enquanto o brasileiro se colocava em meio das nanicas, em sessão marcada por várias reclamações entre os pilotos devido ao tréfego. Enquanto isso, Barrichello era apenas o 23º, com cinco voltas completadas, enquanto pilotos como Perez e Kovalainen já somavam 15.

Com uma hora para o final do treino, Vettel tomou a ponta, baixando o tempo de Hamilton em um décimo. Ao colocar os pneus macios para uma sequência longa de voltas, Felipe Massa chegou ficar em segundo. Alonso, quinto, reclamava de muita vibração na reta. Os pilotos aproveitaram o jogo de pneus macios extra cedido pela Pirelli para colocar no bolso várias voltas na sessão.

Com 39 minutos para o final da sessão, Jerome D'Ambrosio perdeu o carro na zebra e bateu forte com a traseira, levando detritos à pista e causando uma bandeira vermelha. Nesse momento, os brasileiros já tinham se recuperado: Barrichello finalmente saiu à pista e pulou para 15º, enquanto Bruno Senna superou Petrov e subiu para sétimo.

Na saída com o segundo jogo de macios na sexta-feira, Hamilton ameaçou tomar a ponta de Vettel, mas o alemão logo colocou seis décimos no inglês. As Ferrari se mantiveram em terceiro em quarto, na maior parte do tempo com Massa à frente, enquanto Webber e Button fechavam os seis primeiros.

Com 18 minutos para o final, Massa tomou o primeiro tempo de Vettel, com Alonso, que também vinha com os melhores setores da pista até ser atrapalhado por Schumacher no último setor, em terceiro, mostrando o bom rendimento da Ferrari com o pneu macio. Hamilton, por sua vez, permaneceu boa parte da fase final do treino nos boxes.

Confira os tempos:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias