Feliz com a ponta, Massa quer esperar para ver onde a Ferrari está

Brasileiro adota discurso cauteloso após liderar a sexta-feira, elogia a pista e critica escolha do pneu duro

Massa foi o melhor no primeiro dia de treinos para o GP da Índia

Mesmo destacando que não dá para tirar muitas conclusões da sexta-feira, Felipe Massa não escondeu a satisfação por ter comandado a tabela de tempos do primeiro dia de treinos livres para o GP da Índia. 

“É muito legal [estar na frente]. Gostaria que continuasse assim amanhã e depois, mas é lógico que é sexta-feira e amanhã vamos ver o quão competitivo está nosso carro em comparação com a Red Bull e a McLaren. Mas é sempre bom acabar o treino na frente e acho que hoje o carro estava competitivo.”

O brasileiro, no entanto, criticou ao TotalRace a escolha conservadora da Pirelli em relação aos compostos de pneus.

“Acredito que o pneu duro não é o certo para essa pista. Na Coreia, todos estavam com medo quando escolheram o macio e o supermacio e, quando colocaram o pneu, viram que era o caminho certo. Aqui é duro demais e a pista não gasta tanto pneu assim.”

Outro fator destacado pelo piloto da Ferrari foi a sujeira na pista, ainda que fosse algo já esperado pelas equipes por se tratar de um circuito novo.

“A pista está bem suja. Se você sai da trajetória, entra em uma praia. Está muito escorregadia e vem melhorando a cada saída que você dá e vai melhorar ainda mais para domingo. Já era esperado.”

Falando da pista em si, Massa se mostrou muito animado com a novidade, especialmente com as diferentes configurações de largura do traçado.

“Achei o circuito legal, divertido de pilotar. Tem algumas curvas muito interessantes de pilotar, como as lentas – três e quatro – e a última, onde a entrada é bem largada, o que é uma ótima ideia pensando na corrida, pois você cria duas trajetórias diferentes para o carro.”

De acordo com o brasileiro, isso deve facilitar as ultrapassagens no domingo – e não seria uma má ideia a ser copiada em outros circuitos, como o de Abu Dhabi.

“Se tiver um carro na frente do outro, você tem de tentar frear mais no meio da pista para tentar defender, mas o carro de trás pode ter uma melhor trajetória. Isso cria boas oportunidades de ultrapassagem. Foi uma boa ideia que pensamos para o ano passado, eu e o Lucas di Grassi na curva sete em Abu Dhabi. É uma ideia até para outras pistas no futuro.”

(colaboraram Luis Fernando Ramos e Felipe Motta, da Índia)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias