Feliz com classificação, Alonso espera lutar pelo pódio

Espanhol lucra com punição a Hamilton e larga em terceiro; única preocupação é o rendimento com os pneus duros

Alonso larga em terceiro na Índia

Na Coreia, Fernando Alonso disse que a Ferrari precisava se classificar melhor para lutar mais à frente nas corridas, pois o ritmo no domingo era bom. Pois, no GP da Índia, o espanhol terá essa oportunidade, já que larga em terceiro após a punição a Lewis Hamilton.

“Foi uma classificação bastante boa, em um final de semana que tem sido bom, com Felipe [Massa] liderando os treinos livres e hoje não tivemos muito problema para passar no Q1 e no Q2. No Q3 conseguimos superar Button e, com a punição de Hamilton, é uma posição boa. Fazia tempo que largávamos em quinto ou sextos. Tomara que essa posição ofereça um pódio e nos deixe um pouco mais perto do que se via antes.”

O único entrave na corrida da Ferrari é a obrigatoriedade da utilização dos duros, com os quais o 150º Italia não se comporta bem.

“[Os duros] seguem não sendo nossos pneus preferidos. Voltamos a testá-los e não ficamos muito contentes. Ainda assim, tenho de dizer que o carro se comportou bem na Q1 e não tivemos de usar os macios. Portanto, melhorou o comportamento com os duros, mas ainda assim creio que devemos minimizar o tempo com esses pneus amanhã. Vamos tentar usar os macios até a poucas voltas do final.”

Tendo em vista a dificuldade ferrarista com os pneus, o espanhol afirmou que há uma dúvida em relação à estratégia: é possível fazer duas ou três paradas.

“No papel, fazer duas paradas é a opção mais rápida. O único problema é que, fazendo duas paradas, terá que ficar muito tempo com os duros, que sabemos que podemos perder. Então está entre duas ou três paradas fazer muitas poucas voltas com os duros.”

(colaborou Luis Fernando Ramos, da Índia)

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Índia
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias