Feliz com progresso do carro, Alonso avisa: "há mais peças chegando"

Asturiano diz que Ferrari está "dois ou três meses" atrás no desenvolvimento, mas acredita que carro tem mais a crescer que a Red Bull

Alonso fez dois pódios nas últimas três provas

Com o bom rendimento da Ferrari – e os 36 pontos conquistados, ou mais de 40% dos 87 que soma no ano – nas últimas três provas, Fernando Alonso está animado e afirma que a equipe finalmente encontrou o caminho certo no desenvolvimento do 150º Italia.

“Estou muito contente com o progresso do carro. Éramos muito rápidos no inverno mas, no último pacote que introduzimos na pré-temporada não é nenhum segredo que tivemos um problema com o túnel de vento. Então as peças que colocamos estavam erradas por alguns meses e ficamos a 1s, 1s5 da Red Bull no início do ano. Agora estamos a seis ou oito décimos deles, então definitivamente diminuímos a distância, e há mais peças chegando para Silverstone e para as próximas corridas.”

De acordo com o espanhol, os problemas enfrentados no início da temporada, quando os dados do túnel de vento não davam as mesmas respostas que os engenheiros obtinham na pista, colocaram a Ferrari dois ou três meses atrás em termos de desenvolvimento.

“Sem os problemas no túnel de vento, provavelmente estaríamos no nível da Red Bull. Infelizmente, é muito tarde e estamos dois ou três meses atrás em termos de desenvolvimento mas, mesmo assim, conseguimos colocar duas Ferrari entre os cinco primeiros no grid para o GP da Europa, o que é um grande feito da equipe e dos engenheiros.”

Alonso afirmou que essa realidade muda a forma como ele enfrenta os finais de semana de corrida, pois sabe que a Ferrari ainda não tem condições de vencer GPs.

“Quando um carro domina com essa clareza, desde o ano passado, não cansa. Mas você sabe o que esperar quando enfrenta um GP, tem ideia de quais serão suas metas e tem que baixá-las, porque está consciente de que não vai fazer a pole ou ganhar a corrida quando há dois carros que vão um segundo mais rápido do que todos. Aconteceu o mesmo no ano passado e estão confirmando que são os mais rápidos agora. Na F-1, temos pequenas e contínuas evoluções e o fazemos mais ou menos à mesma velocidade. Vamos melhorando décimo a décimo, mas eles também, porque não estão sentados em casa descansando. Portanto, necessitamos tempo, mas seguramente nosso carro tem mais potencial que o deles, porque estamos muito atrás.” 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias