Fernando Alonso garante não se importar com fama de mau

Espanhol cita relação com alemães para provar tese de que rivalidade com conterrâneos muda a percepção dos torcedores

Fernando Alonso garante que não se preocupa com sua imagem pública. Considerado vilão principalmente após a turbulenta passagem pela McLaren em 2007 e devido à manipulação do resultado do GP de Cingapura em 2008, vencido por ele, o espanhol acredita que muitas das críticas que recebe vêm dos países de seus rivais e acredita que isso é corriqueiro.

“Não ligo. É normal. Quando você está lutando com pilotos de um país, é normal que esse tipo de coisa aconteça. Aconteceu na Alemanha também. Tudo estava bem até que me tornei competitivo e passei a lutar com Michael [Schumacher]. Depois tudo voltou ao normal com os alemães até [Sebastan] Vettel chegar, e agora sou o cara mau de novo”, afirmou à revista da Top Gear.

O atual líder do Mundial acredita que há duas pessoas diferentes: o piloto que aparece nas matérias e a pessoa, que ele prefere guardar para si.

“As matérias são sempre sobre o piloto Alonso. Nunca a pessoa Fernando. Porque eles não me conhecem. Eu sei que o piloto Alonso existe numa espécie de mundo falso. O piloto Alonso estará lá por 12 ou 14 anos ou seja quantos forem. A pessoa Fernando é para o resto da minha vida.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias