Fernando Alonso só vê chance de vencer se o carro melhorar

Espanhol acredita que Montreal possa beneficiar a Ferrari, mas destaca que Red Bull e McLaren são fortes em qualquer circuito

Alonso foi o terceiro no GP do Canadá no ano passado

Fernando Alonso adotou um discurso cauteloso antes do GP do Canadá. O piloto da Ferrari, que vem de um segundo lugar em Mônaco, acredita que o circuito de Montreal possa ser favorável à Ferrari, mas destacou a força dos rivais.

“Pode chover ou não. Se chove, sabemos que tudo vira loteria e temos que acertar com as escolhas dos pneus e a tomada de decisões. Se não chover, veremos como o carro rende. Há dois fatores que podem nos ajudar: os pneus mais macios, e a falta de curvas rápidas, onde a aerodinâmica normalmente influi. Mas sabemos que Red Bull e McLaren são carros que foram rápidos em todo tipo de circuito neste ano. Que não seja a última corrida que podemos ganhar. Que seja a primeira.”

O espanhol descartou a possibilidade de fazer apenas uma parada, como Sebastian Vettel conseguiu em Mônaco.

“Não porque o desgaste de pneus seja muito maior aqui, mas porque, ao contrário de Mônaco, não é possível andar dois ou três segundos mais lento e ainda ficar na frente. Você seria ultrapassado na primeira vez que passasse pela zona da asa traseira. Aqui vale mais sacrificar, para uma ou duas vezes mais e andar rápido.”

Alonso, que venceu no Canadá em 2006, segue crendo que o tricampeonato é possível, mas frisou que o carro precisa melhorar.

“Há tempo de sobra para virar. Só cumprimos um terço do campeonato e faltam muitas provas mas, para isso, temos que ter o melhor carro e ganhar corridas. No momento, estamos a um segundo da Red Bull, portanto é impossível pensar. Se encontrarmos algo no carro, começarmos a melhorar e a ganhar corridas, nos recuperaremos com facilidade.”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Fernando Alonso
Tipo de artigo Últimas notícias