Ferrari acena com mais mudanças internas, após chegada de Mattiacci

Para presidente Luca di Montezemolo é preciso eliminar a burocracia e unir forças no desempenho do carro

A estréia de Marco Mattiacci como chefe de equipe no último fim de semana – após o pedido de demissão de Stefano Domenicali -, certamente não foi a última mudança na Ferrari neste início de temporada. Segundo matéria do site oficial da equipe italiana, o Presidente Luca di Montezemolo pretende tomar outras atitudes na tentativa de melhorar a gestão esportiva da Scuderia.

Segundo a matéria, “Montezemolo foi muito claro em suas palavras ditas a Mattiacci e ao resto do time, reconhecendo a necessidade de subir uma marcha em relação à administração esportiva”, noticiou.

Entre outras coisas, o presidente quer tornar a organização mais enxuta e diminuir a burocracia. “O presidente Montezemolo está envolvido em primeira mão no trabalho diário e está sempre em estreito contato com a equipe. Ele pediu uma revisão imediata e a racionalização dos processos internos, eliminando etapas intermediárias e a burocracia, para que o processo de tomada de decisão seja mais eficiente e flexível. Neste sentido, houve cortes nos números de consultores e novas admissões destinadas a reforçar áreas-chaves no desempenho do F14 T”, acrescentou a matéria.

Durante sua estréia na China, Mattiacci deixou claro que a Ferrari ainda busca novos engenheiros. "Montezemolo e eu discutimos, fizemos um primeiro relatório e, claramente, o que for necessário será feito. Mesmo que tenhamos que ir ao mercado", disse Mattiacci. “Mas vamos com uma ideia clara de que não é apenas por uma questão de fazer compras, mas para encontrar alguém que vai trazer extrema valia para uma equipe que todos nós acreditamos ser uma das de mais alto nível na Fórmula 1. Essa é a filosofia no momento”, comentou.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias