Ferrari pode abandonar carro de 2013 após GP de Cingapura

Resultado nas ruas de Marina Bay será fundamental para equipe decidir se foca todos os recursos em modelo de 2014

A Ferrari tem até o GP de Cingapura, próxima etapa do campeonato, para demonstrar uma reação antes de ampliar seu foco no carro da temporada de 2014, revelou Stefano Domenicali.

“As porcentagens entre os dois projetos de 2013 e 2014 não vão mudar nas próximas semanas”, garantiu o chefe da equipe Ferrari. “Após o resultado do GP Cingapura vamos fazer uma avaliação de onde nós estamos para entender o que fazer”, explicou.

A Ferrari demonstrou um crescimento nas duas últimas etapas, chegando a dois segundos lugares com Fernando Alonso, porém teme que isso tenha a ver com as configurações das pistas de Spa e Monza, nas quais se utiliza pouca carga aerodinâmica. Voltando a um circuito mais “normal”, a equipe busca avaliar se melhorou em relação a julho, quando chegou a figurar como a quarta força no campeonato.

“Precisamos ser realistas e ver o quanto podemos melhorar nos GPs seguintes. Então, se a diferença para os líderes continuar grande, é inútil pensar que um décimo de segundo pode servir para recuperar.”

Porém, mesmo que a equipe avalie que é impossível lutar por ambos os campeonatos, isso não quer dizer que o F138 será totalmente abandonado.

“Nós faremos uma escolha depois de Cingapura, mas sempre trabalhando não perder muito terreno porque queremos brigar pelo menos pelo segundo lugar no mundial de construtores”

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias