Ferrari terá de se desculpar por confusão durante comemoração

Membros do time empurraram fiscais responsáveis por cuidar da segurança do Parc Ferme após o GP de Cingapura

A Ferrari foi convidada a fazer um pedido público e “incondicional” de desculpas após um incidente no Parc Ferme (parque fechado) após o GP de Cingapura deste domingo (20). Os mecânicos do time italiano comemoravam o pódio duplo da equipe, com Vettel em primeiro e Raikkonen em terceiro, quando acabaram empurrando alguns oficiais que cuidavam do perímetro.

Os fiscais, que mantinham as barreiras ao lado dos carros logo embaixo do pódio, relataram o ocorrido, que foi enquadrado como ofensa ao artigo 12.1.1.i do regulamento esportivo da categoria.

O chefe da Ferrari, Maurizio Arrivabene, terá de escrever uma carta pedindo desculpas à organização do evento. Nenhuma outra ação será tomada.

"Os comissários, tendo recebido uma denúncia do Secretário do evento em nome de si mesmo e dos membros do contingente de segurança do Parc Ferme após a corrida, relataram que alguns membros da Scuderia Ferrari não obedeceram as instruções das autoridades e se comportaram de forma inadequada. Isso foi dito pelo Secretário do Evento e pelo Chefe do Contingente de Segurança ", disse a FIA em comunicado.

"A equipe representativa ofereceu ao diretor da equipe enviar um pedido de desculpas incondicional escrito para aqueles que foram afetados e dar a garantia de que não haverá uma repetição."

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Pista Singapore Street Circuit
Equipes Ferrari
Tipo de artigo Últimas notícias