Ferrari trabalha para retomar dias de glória na Turquia

Domenicali admite que preparação não foi ideal, e time trabalha tanto na parte aerodinâmica quanto na mecânica para melhorar a 150º Itália

Ferrari torce para atualizações deixarem carro mais veloz

Reinvenção. É desta forma que a Ferrari trabalha no 150º Itália para a próxima etapa da temporada 2011 da Fórmula 1, o GP da Turquia, no circuito de Istambul Park.

Em um longo material emitido pela parte de comunicação da Scuderia, seus integrantes admitiram que o carro não foi concebido de maneira ideal, com problemas entre a teoria e a prática, de acordo com o chefe do time, Stefano Domenicali.
 
"Nosso 'approach' para a temporada não foi agressivo o suficiente na fase de concepção e havia um problema com a correlação entre os dados recolhidos a partir do túnel de vento e o que se viu na pista. Então, esse foi o dano nesses primeiros meses", admite.
 
Já o designer do time, Nikolas Tombazis, admitiu que a atualização levada a Istambul não é tão nova assim, mas pôde ser testada em linha reta pelo piloto de testes Jules Bianchi. "O pacote que teremos neste fim de semana foi elaborado antes do Grande Prêmio da China, portanto não fomos capazes de fazer mudanças significativas nisso nessas últimas semanas."
 
"Definitivamente, vamos ter novas asas, dianteira e traseira, e dutos de freio novos. Eu não posso dizer se este passo à frente será o suficiente, mas espero para ver as consequências desta mudança de abordagem sobre as próximas corridas", continuou Tombazis.
 
A preocupação, no entanto, não é só com a área aerodinâmica. Chefe de Motor e Eletrônica do time, Luca Marmorini comenta que a Ferrari trabalha no motor V8 e em outros elementos do carro, como os escapamentos.
 
 "Mesmo que haja um congelamento no desenvolvimento de todos os motores da F-1, dentro do nosso departamento que estamos fazendo todo o possível para melhorar a nossa posição no grid. Há muita conversa sobre a importância do sistema de escapamentos sobre o pacote aerodinâmico do carro."
 
"O pessoal do motor sempre utiliza o sistema de escapamento para priorizar a produção do máximo de energia quanto possível e, de fato, o sistema de escapamento é das poucas áreas ligadas ao motor nas quais o desenvolvimento é livre." 
 
"É verdade que os escapamentos têm um grande efeito sobre a aerodinâmica do carro e, portanto, nós trabalhamos de perto com nossos colegas do lado aerodinâmico para desenvolver o escape de forma a contribuir para o fluxo de ar em torno do carro", analisa o italiano, que vê no Kers a vantagem da equipe.
 
"Tem sido agradável renovar nosso conhecimento com o Kers. A Ferrari tinha adquirido um bom conhecimento do sistema em 2009 e com base nisso, nós atualizamos nosso aparato para este ano e, até agora, definitivamente provou ser um bom passo em frente. Ele foi executado praticamente sem problemas e continuaremos a trabalhar nele durante todo o ano, em busca de melhorias."
 
Veja abaixo um vídeo em inglês, que consiste de entrevistas com Felipe Massa e Luca Marmorini:
 
 
;
 
 
 

 

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Turquia
Pilotos Fernando Alonso , Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias