FIA decide não renovar com herdeiro do posto de Sid Watkins

O norte-americano Gary Hartstein fará sua 247ª e última corrida como médico coordenador de resgate no GP do Brasil

A FIA decidiu não renovar o contrato do médico Gary Hartstein, que acaba no final deste ano, e terá um novo coordenador de resgate a partir do ano que vem. O norte-americano assumiu o posto após a aposentadoria de Sid Watkins, em 2005.

O médico escreveu por meio de seu twitter que acabara “de ser informado que o presidente da FIA e o presidente da comissão médica da FIA decidiram não renovar seu contrato com a Fórmula 1”.

A entidade não divulgou oficialmente por que a decisão foi tomada ao qual o nome do substituto de Hartstein. “Não tenho certeza dos porquês desta decisão, mas não sou eu quem tem de saber”, afirmou o norte-americano. “O Brasil será meu 247º e último GP de Fórmula 1. Foi uma experiência que mudou minha vida e algo de que nunca esquecerei.”

Além de suas atividades de pista, Hartstein trabalhou na implantação de novas políticas médicas para aumentar a segurança das corridas, atuando no Grupo de Trabalho Médico da FIA.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias