FIA decide vetar oficialmente uso de asa na Eau Rouge

Entidade ouve pilotos e emite carta para as equipes proibindo o uso da asa móvel, que poderá ser ativada após a curva

Kamui Kobayashi na subida para a Eau Rouge
A FIA (Federação Internacional de Automobilismo) confirmou a proibição do uso da asa móvel na curva Eau Rouge, durante os treinos para o GP da Bélgica de F-1.
 
A proibição vale apenas para os treinos, uma vez que, na corrida, o sistema só pode ser acionado após a curva, na longa reta que sucede a Eau Rouge.
 
A preocupação dos pilotos era com a segurança ao tentar contornar a curva com a asa aberta, pois este é um dos pontos mais rápidos, desafiadores e perigosos do calendário.
 
Após ouvir os competidores e observar os riscos para a segurança, a entidade escreveu para as equipes na tarde desta segunda-feira, vetando o uso da asa para os treinos livres e classificatório.
 
A decisão é similar à de Mônaco, quando a asa foi proibida dentro do túnel por motivos similares de segurança.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Bélgica
Tipo de artigo Últimas notícias