FIA determina um ponto de ativação da asa traseira móvel em Cingapura

Carros poderão acionar o dispositivo antes da curva em que Hamilton e Webber se tocaram ano passado

Batida tirou Hamilton da prova em 2010

A FIA anunciou que o GP de Cingapura terá uma zona de ultrapassagem, localizada na reta após a curva cinco. Trata-se da reta que antecede a curva em que vários toques aconteceram ano passado, inclusive entre Mark Webber e Lewis Hamilton, que tirou o inglês da prova.

O ponto de detecção será 230m antes da curva cinco e a ativação ocorrerá 35m após a tangência da curva. Como a curva seis é feita com o pé embaixo e as asas só param de funcionar quando o piloto pisa no freio, ela estará ativada até a freada da curva sete.

Naquele trecho, os pilotos chegam perto dos 300km/h e mantêm o pé embaixo por quase 10s.

Be part of something big

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP de Cingapura
Tipo de artigo Últimas notícias